Empreendedorismo social é resultado do sonho de jovem internacionalista no Recife

Camilla Borges, internacionalista e fundadora do projeto “Politiquê?”, mostra como o empreendedorismo social ampliou sua visão sobre a sociedade e abriu as portas de sua inserção profissional na busca de um mundo melhor.

977673_347674492002310_983004257_o

Por Camilla Borges

 

“Enquanto cursei Relações Internacionais, as opções de trabalho não me atraíam no desejo que (quase) todo jovem carrega de fazer a diferença. Ao mesmo tempo, abri minha mente no curso. Adquiri aquele olhar que todo internacionalista tem de ângulos diferentes. E por fim, me peguei pensando que todo mundo deveria aprender um pouco sobre a área. Essas experiências contribuíram pro empurrãozinho que me levou a fundar o Politiquê? em 2013.

O desafio de criar algo do nada é gigante. A começar pelo fato de que você precisa moldar sua ideia, por mais que você queira abraçar o mundo, para torná-la algo realizável. E essa ideia precisa estar acompanhada de conceitos que vão nortear você e sua equipe, e fazem toda a diferença. Nesse quesito, posso dizer que tudo aconteceu quase naturalmente. Foram muitas conversas um a um pra delinear os conceitos e a missão do projeto. Alinhar as expectativas, ouvir ideias e sugestões. A concepção é a fase mais trabalhosa. Com isso feito, o passo seguinte foi garantir que todos falassem a mesma língua. Entendessem o projeto e o que a gente se propõe a fazer, a ponto de saberem falar com propriedade a respeito para quem perguntar. É um exercício constante de debate e conversas, já que todo o trabalho voluntário tem essa característica de ser moldado por todos os que estão nele.

E quem somos nós? Em primeiro lugar, sonhadores. Que resolveram fazer alguma coisa além de estar insatisfeitos com nossa realidade. Eu fui a primeira, e hoje somos 19. Uma equipe de pessoas de várias origens, cursos e experiências. Todos juntos nesse sonho de uma sociedade mais cidadã. O Politiquê? é um projeto de educação política para jovens de 15 a 25 anos. Queremos ensinar o universo da política de forma simples, acessível e imparcial (sem ligação com nenhum partido ou ideologia). Nas experiências offline, também prezamos pela inovação na forma de passar o conteúdo através de formatos dinâmicos e participativos. Somos um projeto sem fins lucrativos, formado quase que totalmente por voluntários. Os nossos recursos são limitados, mas nossas ambições são inversamente grandes. Acreditamos no potencial de impacto do nosso trabalho!

Em junho, completamos um ano de existência no facebook. Pra um projeto recém-nascido, já temos muito do que nos orgulhar. Além de uma equipe engajada, conseguimos levar nosso impacto para jovens online, em eventos em que fomos convidados e projetos que estamos desenvolvendo em parceria com outras instituições e empresas. A meta para o próximo ano de existência é transformar o projeto em uma ONG, ampliar nosso alcance e lançar nosso site, de forma que a gente possa angariar apoio de uma rede de parceiros que nos ajudem a levar nosso trabalho mundo afora através das mídias sociais. Estamos organizando uma ação em Recife no segundo semestre, que sendo bem sucedida como planejamos, pretendemos que seja realizada também em outras cidades.

Claro que esse sonho demanda que outros sonhem junto, dediquem tempo para entender o projeto, trabalhar junto com a gente e realizar essa conquista. Mas, como eu disse, somos sonhadores. E pessoalmente, acredito que tudo é possível, desde que nos disponhamos a fazer a nossa parte. Foi assim que o “Politiquê?” começou. Quem me dissesse há um ano atrás, eu não acreditaria que já teríamos realizado tanto. Quem sabe onde eu, o projeto e você estaremos no ano que vem?”

politique
Imagem: Camilla e dois membros do Politiquê? – Luiz e Diego – na ação em que levaram 22 alunos de uma escola pública para tirar o título de eleitor, com a mensagem “Eu escolhi votar”.

Advertisements

2 responses to “Empreendedorismo social é resultado do sonho de jovem internacionalista no Recife

  1. Pingback: Seleção de embaixadores – Ação Politiquê? nas Escolas | International Connectors·

  2. Pingback: Seleção de embaixadores – Ação Politiquê? nas Escolas | International Connectors·

Comentários

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s